Junta de Freguesia Cova da Piedade
   
Posto de Atendimento:
Rua José Ferreira Jorge, 12-B
2805-181 Almada
Telefone: 21 276 79 48
Fax: 21 275 51 12
E-mail: geral@jf-covadapiedade.pt

Horário

Posto de Atendimento
Manha: 9h00 as 12h30
Tarde: 13h30 as 17h00

SMAS
Manha: 9h00 as 12h30
Tarde: 14h15 as 17h00

Sede:
Estrada do Brejo, 16-A
2809-004 Almada
Tel./Fax: 21 274 44 69
 
Notícias
 
01/03/2014 - Ação de Formação – Elaboração de Propostas de Patrocínio Desportivo
No próximo dia 1 de março de 2014, a Confederação do Desporto de Portugal promove, em Lisboa, uma ação de formação denominada “Elaboração de Propostas de Patrocínio Desportivo”. Para mais informações, clique aqui!
Ver mais (+)
28/02/2014 - Sessões Públicas Ordinárias – Fevereiro 2014
  Durante o próximo mês de fevereiro de 2014, as Sessões Públicas Ordinárias da União de Freguesias de Almada, Cova da Piedade, Pragal e Cacilhas, realizam-se na Sede, sita na Rua D. Leonor de Mascarenhas, n.º 44-A, em Almada. Consulte aqui respetivo Edital!

Ver Mais (+)

 
Agenda
 

Bem Vindos

Mensagem do Presidente da Junta de Freguesia

Dois mil e treze, último ano de um mandato autárquico que a população de Cova da Piedade nos confiou. Muito foi feito, podendo dizer em rigor que cumprimos com as propostas com que nos apresentámos a sufrágio há quatro anos atrás, mas tendo sempre como objetivo a melhoria do nosso trabalho em prole das nossas gentes.


Neste momento particularmente importante para as freguesias do nosso concelho com a chamada Lei da (Des)Reorganização Administrativa que já se perfila no horizonte com prejuízo para as populações, tomada à revelia das decisões das respetivas assembleias de freguesia, elas também legitimamente eleitas, desrespeitando deste modo um órgão de soberania que tem a mesma legitimidade que outros órgãos do governo da república igualmente eleitos.


Quem nos últimos anos tem cometido os mais variados atentados à Constituição da República, dificilmente terá respeito pelas freguesias, concelhos e suas populações.


Temos combatido e vamos continuar para que esta irresponsabilidade governativa não vá por diante, abrindo caminho a outras malfeitorias contra o poder local democrático prejudicando de forma grosseira e aviltante a vida das pessoas!


Os memorandos assinados (cremos que já foram alguns) não deviam nem podiam conter qualquer alusão às freguesias como condição fosse para aquilo que fosse. Aproximam-se eleições autárquicas (29 de Setembro) e as nossas populações vão continuar a saber resistir como sempre em defesa do concelho, das freguesias, e do seu desenvolvimento.


Viva o Poder Local Democrático



O Presidente da Junta de Freguesia
Ricardo Jorge Cordeiro Louçã


Criado e Mantido por Megasites