Largo de Cacilhas
| Cacilhas
No Largo de Cacilhas foram igualmente identificados vestígios de ocupação da Idade do Bronze, presentes na estrutura de um cais de pedra aparelhada, na base do qual foram encontradas cerâmicas de influência fenícia, semelhantes às descobertas na Quinta do Almaraz. Na mesma área e em estreita ligação com a frente ribeirinha foram também identificadas estruturas de uma fábrica romana de preparados de peixe, que terá laborado entre os séculos I e III. Os tanques (cetárias) utilizados nos variados processos de transformação do pescado, foram posteriormente abandonados e reutilizados como lixeira e abrigo durante a Idade Média e até ao século XVIII, conforme se constata pelo diverso espólio de diferentes épocas encontrado no interior. O entulho aí depositado revelou fragmentos de cerâmica árabe pintada e moedas de D. Afonso V a D. João III.

As estruturas arqueológicas estão classificadas como imóvel de interesse público encontrando-se actualmente cobertas com calçada, prevendo-se a sua muselização no âmbito da reabilitação desta zona da cidade.

Ir para o topo da página

Webdesign Megasites